II Desafio Intermodal Carioca

Largada Desafio Intermodal

A segunda edição do Desafio Intermodal Carioca transcorreu perfeitamente e num dia sem trânsito os resultados foram bastante diferentes do ano passado. Além da atípica falta de retenções o número de participantes também aumentou, foram 13 modais e a participação de pedestres.

Antes do estudo completo dos resultados, já se pode concluir que bicicleta e metrô juntos são a melhor maneira de se percorrer grandes distâncias. Na parte em que o ciclista com a dobrável pedalou do Metrô Cantagalo até o Leblon foram apenas 9 minutos, contra 12 minutos do carro e 15 da moto.

Os resultados para um percurso com média de 15 km:
– Maior distância percorrida, Bicicleta pela Ciclovia 22,5 km;
– Menor distância 13 km pedestre.

Todos saíram da Central do Brasil e chegaram na Praça Antero de Quental no Leblon utilizando percurso a escolher, desde que pela estação Metrô Cantagalo (exceto pedestre).

Destaques para:
· O carro e o táxi levaram o mesmo tempo que o metrô na primeiro trecho do percurso, confirmando a fluidez do trânsito no horário.
· A Bicicleta dobrável em integração com o Metrô levou o mesmo tempo que o carro e a moto apesar de não haver trânsito.
· O Pedestre que fez o percurso correndo, levou o mesmo tempo que o carro no ano passado.

Seguem os tempos totais com os intermediários entre parênteses. Clique no tempo total ou no intermediário para conferir as fotos.

Carro 42 min (30)
Moto 42 min (27)
Metrô-Bicicleta 42 minutos (33)
Táxi 43 minutos (32)
Bicicleta Masculino 47 minutos (36)
Metrô-Skate 48 minutos (29)
Ônibus 54 minutos (44)
Metrô-Patins 56 minutos (29)
Metrô-Ônibus 58 minutos (24)
Bicicleta Feminino 58 minutos (42)
Metrô-Pedestre 67 minutos (29)
Bicicleta Ciclovia 69 minutos (50)
Pedestre 79 minutos

A conexão metrô-ônibus foi feita na estação Siqueira Campos e o corredor fez um trajeto mais curto sem passar por Copacabana (confira o caminho do pedestre).

Chegada Desafio Intermodal

Em breve o novo relatório, que terá dados comparativos entre os dois anos.

  • Mais:
  • > No site:
    Relatório Desafio Intermodal Carioca 2006

    > No Blog:
    Desafio Intermodal Carioca 2006

    Tags , , .Adicionar aos favoritos link permanente.

    4 comentários para II Desafio Intermodal Carioca

    1. Varda diz:

      A ciclovia é o maior trajeto. Para o meio mais lento, o maior percurso. em todas as cidades é assim, a ciclovia sempre faz as voltas em prol do carro. menos mal se elas existirem.

    2. Complementando o comentário do Varda, reparem que o percurso para o pedestre atravessar as avenidas também é sempre patético (não tem outra definição). Muitas vezes querem que o pedestre ande quase um quilômetro para atravessar “no lugar certo” (entenda-se por isso um lugar em que não atrapalhe os automóveis, afinal a rua é deles) e ainda espere interminavelmente a abertura de um semáforo de pedestres que, quando existe, fica aberto por tempo insuficiente para atravessar a rua andando em velocidade normal (que o digam as pessoas com deficiência de mobilidade, como cadeirantes, idosos, crianças, gestantes, mães com crianças de colo, deficientes visuais, etc.)

    3. fernando barretto diz:

      gostaria de saber se vcs estão programando um Intermodal ainda este ano? e gostaria de sugerir Centro -- Zona Norte / ou Centro -- Zona Oeste.

      Um abraço, Fernando.

      O que precisar me coloco inteiramente à disposição!
      Tel: 21 8228-3121/3576-2135

    4. Pingback:Bicicleta mais rápida que o carro (e já não é mais novidade) | + Vá de bike! +

    Deixe uma resposta