Ônibus, esse desconhecido

De dentro do ônibus

O uso do automóvel particular é sabidamente o grande causador dos engarrafamentos nas grandes cidades. São Paulo é o maior exemplo brasileiro do mau uso do transporte individual motorizado. Taxa de ocupação de menos de 1,5 pessoa por carro particular, capaz de transportar de 4 a 5 ocupantes. Um reflexão de um blogueiro paulistano é digna de nota:

“Engraçado que em São Paulo, quem tem carro em geral não tem o reflexo de verificar se existe uma opção de transporte público. (…) E tem a vantagem de ser bem mais rápido nos corredores: os meus trajetos de ônibus foram sempre pouquíssimo mais longo do que de carro, inclusive em dia de grande engarrafamento. E eu ainda economizo na gasolina, desgaste, estacionamento e sobretudo na paciência.”

Confira a íntegra em “Tem um carro a menos no trânsito paulistano…

O paulistano que quiser experimentar o transporte público ainda conta com a facilidade de um eficiente roteador oferecido pela SPTrans.

Tags , , .Adicionar aos favoritos link permanente.

Deixe uma resposta