Integração Bicicleta-Trem em São Paulo

MVC 22
Existe uma São Paulo de facilidades para o uso da bicicleta. Através da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) serão 15 novos bicicletários até o fim de 2008. Eles virão a se somar aos 13 já em funcionamento para um total de 3.850 vagas em 28 estacionamentos.

MVC 213S
Os treze bicicletários atualmente em operação pela CPTM estão no: Itaim Paulista, Jardim Helena/Vila Mara, Caieiras, USP Leste, Comendador Ermelino, Pinheiros, Jurubatuba, Autódromo, Primavera-Interlagos, Grajaú, Itapevi, Mauá além do bicicletário de Jandira inaugurado no dia 17 de julho.

Além da CPTM, o Metrô possui um bicicletário na Estação Guilhermina- Esperança e a EMTU/SP também conta com um estacionamento, para bicicletas, no Terminal Metropolitano de São Bernardo do Campo, que atende aos usuários do Corredor São Mateus-Jabaquara.

COm exceção da Estação Mauá, todos os bicicletários são gratuitos. Para utiliza-los é necessário apenas fazer um cadastro e levar uma tranca própria para prender a bicicleta.

MVC 251S
Um exemplo de racionalização do uso do espaço público. No Itaim 10 vagas para automóvel ocupam o mesmo espaço de 256 vagas para bicicleta. O melhor veículo individual integrado ao melhor transporte de massa.

  • Fotos Bicicletário Itaim, por Reginaldo Paiva.
  • —-
    fonte: assessoria de imprensa da CPTM.

    Tags , , , .Adicionar aos favoritos link permanente.

    Um comentário para Integração Bicicleta-Trem em São Paulo

    1. 25 bicicletas para cada carro? 5 pessoas transportadas em cada carro? No espaço de um carro conseguimos estacionar os veículos de 5 vezes mais pessoas, se considerarmos que os carros rodam lotados, o que bem sabemos não ser verdade.
      Iniciativas como car-share já seriam de grande valia. Faixas exclusivas (que tenho minhas dúvidas se funcionariam no Brasil) para carros com um ou mais passageiros também seriam importantes. Mas ainda considero a bicicleta a solução imediata para os nossos problemas de locomoção.

    Deixe uma resposta