Devagar e Sempre

Tags , , , , .Adicionar aos favoritos link permanente.

5 comentários para Devagar e Sempre

  1. Antonio Miranda diz:

    Zé Lobo,

    Parabéns, companheiro.
    Excelente proposta esta sua.

    O uso de vias com tráfego acalmado pelas bicicletas, para os mais diversos deslocamentos, é das propostas mais interessantes que conheço para garantir liberdade aos ciclistas.

    Você e muitos outros sabem como sou fã do “Traffic Calming” e mais ainda das ciclofaixas. Apenas defendo as ciclovias onde o volume do tráfego motorizado e a velocidade são de tal ordem que colocam em risco a segurança dos usuários mais frágeis do espaço público, pedestres e ciclistas. O resto a gente ajusta.

    Vou torcer de onde estiver para que as autoridades do Rio se sensibilizem com esta proposta da Transporte Ativo. Caso queira depoimento ou assinatura de adesão, pode colocar a minha e dizer que concordo e assino embaixo com louvor.

    Grande Abraço!
    Miranda

  2. Grande ideia Zé Lobo
    Passo diariamente por Seropédica e os quebra molas na rodovia Rio São Paulo antiga, fazem esta redução com extrema competência.Aflorando com extrema naturalidade o uso de bicicletas por todas as comunidades vizinhas a via.
    Volta a escala humana e o prazer de ir e vir sem traumas.
    Da gosto de ver crianças, velhos e adultos, usando de varias formas a bicicleta, próximos a carretas de 40 toneladas sem um único acidente em dez anos de minhas experiência propria, passando por ali.
    Um abraço
    Jorge Nazar

  3. Essas zonas funciona exclusivamente com a implementação de elementos que limitam de fato a velocidade como quebra-molas ou por simples sinalização? (que geralmente não funciona?). Essas ruas sem destinação parece ótima para fazer isso! Me mata de falar de bicycle boulevard de Portland aqui em Vitória que são parecidos com essas zonas 30 km/h… http://vitoria-sustentavel.blogspot.com.br/2011/10/bicycle-boulevard.html

Deixe uma resposta