O Valor de Andar a Pé

Tags , , , , .Adicionar aos favoritos link permanente.

3 comentários para O Valor de Andar a Pé

  1. Só complemento que apesar de caminhar ser de baixo custo, também tem seus problemas: sapatos bons, duráveis e confortáveis para longas caminhadas custam caro; ortopedistas, reumatologistas, medicamentos e tratamentos para desgastes nas articulações do quadril, joelho e calcanhar também; finalmente, riscos inerentes a alta exposição a criminalidade também fazem a vida de nós pedestres algo tão lucrativo quanto para o motorista. Mercados de seguros, planos de saúde e fabricantes de sapatos esportivos agradecem!

  2. Rogério,

    Custos com médicos tem quem não se exercita. Qualquer médico que vc procurar te dará o conselho: caminhe.

    Como todos sabem, a quantidade de pedestres que são vítimas de crimes é ridícula quando comparada a de motoristas. Mercado de seguros? Bem lembrando, não deixa de ser um indicativo. Quantas propagandas de seguros para pedestres vc viu nos jornais desta semana? E quantos para seguros de automóveis -- que considera violências como batidas e roubos armados?

    Sapatos esportivos são para quem faz esporte. Caminhar 20 ou 30 minutos até a escola não pede nenhum tênis caro. Caminhadas são indicadas para idosos por isso, não é uma atividade de impacto. Nas pequenas e pobres cidades brasileiras o deslocamento a pé é o padrão e ninguém o faz de nike.

  3. RC diz:

    É como diz a música… Andar a pé eu vou, que a pé não costuma falhar… ih, acho que não é bem assim.

Deixe uma resposta