Melhor a cada Por do Sol

Tags , , , , , , .Adicionar aos favoritos link permanente.

4 comentários para Melhor a cada Por do Sol

  1. Carolina diz:

    O futuro esta chegando. E o Rio, a cidade maravilhosa, será o palco onde acontecerá a estréia. Engraçado pensar que, um sistema de bicicletas publicas, é o futuro. Quando falamos de futuro imaginamos em tecnologia, desenvolvimento, velocidade, internet, globalização. Mas um sistema de bicicletas publicas que funcione, assim como já funciona em muitos países da Europa, é sim o futuro. Futuro de uma vida melhor, mais saudável, com menos poluição, mais agradável e feliz. Quando pensamos em que cidade nós gostaríamos que nossos filhos vivessem, em que tipo de cidade pensamos? Se não começarmos desde já a pensar exaustivamente nisso as próximas gerações podem sofrem sem água, sem ar puro, sem espaço, sem lugares agradáveis. Projetos como SAMBA ajudam a melhoria das cidades e das pessoas. Menos poluição e mais saúde, assim, quem sabe, nosso país consegue melhorar e subir de cargo, de terceiro para primeiro mundo.

  2. Eduardo diz:

    Lendo o Post reconheci vários eventos dos quais participei ativamente e não esperava que uma mudança tão marcante acontecesse em tão pouco tempo. Quero uma cidade melhor e sempre penso nisso quando me dedico a alguma atividade da TA. Hoje de manhã deu até um nózinho na garganta ao ver as fotos das primeiras faixas pintadas no asfalto e sinalizadas por cones. O caminho é árduo, demanda paciência e perseverança, mas fica claro que trabalhar a favor de algo e pela construção de uma cidade melhor é, sem dúvida, o melhor caminho para ter mais qualidade de vida. Estarei lá no domingo para ver a inauguração, mas não para me vangloriar de algo que humildemente ajudei. Vou para me alimentar de estímulos para continuar a promover o uso de bicicletas na cidade. Vou lá, pedalando claro!

  3. Avanço considerável. São Paulo não poderá ficar para trás neste processo. Afinal, já passa de 20 anos desde a criação das nossas leis (em SP) do Plano Cicloviário para a cidade e para o Estado.

    Parabéns pelo Blog!

    Walter

  4. Walfrido diz:

    Sou Curitibano, morei 8 anos em SP e nessas 2 cidades fui um ciclista ativo, usando a magrela nos meus deslocamentos cotidianos, para o trabalho, estudos, etc… Estou morando em Copacabana hoje e trabalho na Barra. Apesar de estar adorando a cidade maravilhosa, estou despontado com a impossibilidade de pedalar para o trabalho. O trajeto zona sul -- Barra só é permitido para veículos auto-motores. Qualquer um que se atreva a fazê-lo de bicicleta, a pé ou de outra forma, esta arriscando a vida.

Deixe uma resposta