Porquinhos pela floresta

Vivemos na sociedade do culto ao corpo. √Č uma forma das pessoas encontrarem-se a si mesmas e reagir √† sociedade de consumo que transforma gente em consumidores.

Mesmo que o pr√≥prio corpo tenha se tornado objeto de consumo – basta ver as capas de revistas e propagandas que usam corpos sensuais para vender de tudo – os exerc√≠cios f√≠sicos e a valoriza√ß√£o do corpo s√£o uma forma de autoconhecimento, de se encontrar no mundo. Devemos sim cuidar do corpo, da sa√ļde. Malhar, correr, pedalar. Por isto, atletas s√£o modelos para a sociedade. Ou deveriam ser…

Porque n√£o basta apenas pensar em si mesmo.

Mais: 10 mandamentos para uma cidade melhor

Ap√≥s a √ļltima Meia Maratona Internacional do Rio, em apenas 2 quarteir√Ķes foram encontrados 76 pacotes vazios de aditivo energ√©tico pelo ch√£o.

lixo pelo ch√£o

lixo deixado por atletas

A pergunta que fazemos é: se os atletas carregavam os pacotes cheios no bolso, por que jogá-los vazios na rua??

Talvez seja para diminuir o peso morto. Sabe como é, depois que bate o cansaço, um grama faz muita diferença. Carregar o flaconete até o lixo mais próximo seria um esforço sobrehumano, capaz de causar tontura e até desmaio, VO2max!
lixo

Mas depois de pesquisar muito, na internet, nas academias e nos manuais, nós encontramos a verdadeira resposta: o lixo jogado no chão marca uma trilha, como aqueles miolos de pão que os porquinhos deixavam pela floresta para encontrar o caminho de volta.

porquinhos

Não, não eram os porquinhos. Mas a imagem que vem na mente é apenas esta.

Tags , , .Adicionar aos favoritos link permanente.

3 coment√°rios para Porquinhos pela floresta

  1. xampa diz:

    Realmente, as pessoas não tem essa preocupação e a organização tb não tem. Participei da meia maratona, a que acontece junto com a maratona, e não há lixos de fácil acesso após a água e nem lixo antes da água. Por que lixo antes da água? Porque o gel tomado antes de se pegar a água.
    Eu costumo segurar os copos e jogar no lixo. Assim como faço com o gel. Mas, é preciso conscientizar.
    Abs.

  2. Rodrigo C diz:

    Belo texto. N√£o sei se √© quest√£o de conscientiza√ß√£o. Algu√©m que corra essas provas n√£o sabe que lixo n√£o desaparece no ar? Que algu√©m vai ter que passar para pegar copos e embalagens vazias? Que detritos, especialmente pl√°stico, deve ser -- al√©m de evitado -- descartado de maneira a reduzir o preju√≠zo ao meio ambiente? √Č quest√£o de se co√ßar mesmo.

  3. danielbiologo diz:

    Sou corredor e participo de provas em ruas, trilhas, praias, etc…e teu relato pode ser aplicado em todos este caminhos. Posso dizer por experi√™ncia pr√≥pria, d√° para usar os g√©is e guardar a embalagem at√© um ponto onde s√£o recolhidos (coletor), n√£o tem coletor guarda no bolso e pronto …. falta educa√ß√£o ! ? No caso relatado ainda √© na cidade que supomos tem limpeza urbana e quando s√£o descartados em trilhas, praias, etc ….. F___-se o ambiente???
    Na verdade os porcos não são sujos, quem deixa o ambiente deles sujo é o Homem, que o cria em chiqueiros.
    O sujo na história é essa parcela de homens que não tem cérebro !!!

Deixe uma resposta