365 dias na vida de uma bicicleta

Uma agência de comunicação em Nova Iorque conduziu um experimento curioso durante o ano de 2011, prenderam uma bicicleta toda equipada em um bicicletário ao ar livre no bairro do SoHo. Depois, uma foto por dia que mostraram o lento desaparecimento da bicicleta.

Uma imagem bonita e triste, mas que ilustra a bicicleta parada e seu valor maior, o potencial de movimento e de uso. As peças dispersas alimentaram o comércio de peças roubadas, ainda que de valor muito baixo. Mas o vídeo faz lembrar daquela bicicleta parada, que só acumula poeira e poderia servir ao nobre propósito de circulação.

Vale nos mirarmos no que é bonito do vídeo e devolver a circulação uma bicicleta ou peças paradas.

Tags , , , , , , .Adicionar aos favoritos link permanente.

Um comentário para 365 dias na vida de uma bicicleta

  1. tiago barufi diz:

    Os tais ladrões ajudaram a aumentar a mobilidade em bicicleta, uma vez que as peças estão provavelmente circulando e sendo úteis, em lugar de ocupar o paraciclo inutilmente no tal 'experimento'. Reparem que até demorou bastante para que alguém tomasse providências.

Deixe uma resposta