Skates, bicicletas e eleições municipais

Arte: Pedala Manaus

Estamos em pleno ano eleitoral, nos mais de 5.000 muncípios brasileiros é hora de discutir propostas e debater o futuro das cidades. A mobilidade urbana nas grandes cidades está na pauta e junto com ela a qualidade de vida.

No entanto, nas duas maiores capitais do Brasil, duas imagens semelhantes ganharam destaque e valem uma reflexão. Primeiro o candidato a prefeito de São Paulo José Serra apareceu na capa do Jornal Folha de São Paulo prestes a cair de um skate. Pouco tempo depois, o prefeito Eduardo Paes, candidato à reeleição no Rio de Janeiro foi fotografado estatelado no chão, depois de cair justamente de um skate.

Agenda pública de candidato é sempre uma grande festa, ao grupo de assessores e militantes dos candidatos ao cargo majoritário somam-se os candidatos aos cargos minoritários e seus assessores e militantes e principalmente nas grandes cidades, um grupo de fotógrafos, cinegrafistas e jornalistas.

Para além de tombos em quatro rodinhas, bicicleta já é assunto nas eleições municipais de diversas cidades. Londres inclusive foi exemplo desse debate nas eleições para prefeito em maio de 2012. Chegou-se até a especular se não estaria se formando um “voto ciclístico” na capital inglesa.

Fato é que no Brasil bicicleta e mobilidade humana já estão dentro da pauta. A iniciativa da Ciclocidade, associação paulistana de ciclistas, buscou justamente fortalecer o debate e discutir propostas com os candidatos a prefeito em São Paulo através de um convite para encontro e assinatura de uma carta compromisso sobre o tema da mobilidade em Bicicleta.

No calor de campanhas eleitorais, a dinâmica muda em relação a forma de diálogo com o poder público, a tendência é de apoio a causas que dêem visibilidade midiática para o candidato, mas para que as promessas sejam de fato implementadas, é preciso uma presença constante de quem defende e valoriza a bicicleta como veículo urbano durante os 4 anos de gestão municipal.

Tags , , , .Adicionar aos favoritos link permanente.

2 comentários para Skates, bicicletas e eleições municipais

  1. Pingback:Cidades para bicicletas, cidades para pessoas | Planeta em Perigo

  2. Pingback:Cidades para bicicletas, cidades para pessoas | Simone Tuasco

Deixe uma resposta