VeloCity 2015 e o papel da bicicleta para o futuro das cidades

Quai des Antilles ©Jean-Dominique Billaud/VeloCity 2015

Promover a bicicleta requer ousadia para lançar-se rumo a caminhos desconhecidos em busca do equilíbrio. O desafio é um pouco a síntese do século XXI, reinventar o que já está construído e que buscam nos convencer que está pronto. Felizmente há sempre espaço para sonhar, imaginar e realizar novidades.

Nantes (França) será este ano a sede do VeloCity, maior conferência mundial sobre bicicletas que acontecerá em junho. O tema é “Cycling: Future Maker” (Ciclismo, construtor de futuro). Teremos a maior delegação brasileira presente com mais de 20 pessoas do Rio de Janeiro, São Paulo, Brasilia, Curitiba, Belo Horizonte, Salvador e Recife entre outras cidades.

A maior delegação brasileira, até então, havia sido a que foi para Munique. Em 2007, o ICE (Interface for Cycling Expertise) levou 11 brasileros do Rio, São Paulo, Florianopolis, Rio Claro e Blumenau.

Essa presença massiva em 2014 é reflexo de nosso trabalho como embaixadores do evento, fruto de um convite feito em Adelaide, 2014. Mais uma vez fomos convidados para avaliar os trabalhos enviados. Além disso, iremos também coordenar e moderar o painel “Dare to campaign for your bike” (Ouse promover a bicicleta). Por fim, uma parceria com o Banco Itaú proporcionou a ida (com todos os custos pagos) para as pessoas responsáveis por 3 dos trabalhos brasileiros selecionados para o VeloCity 2015. São eles oGangorra com aRuaça; Ciclo Urbano com Bike Blitz e Yuriê Batista com Ciclabilidade das Cidades Brasileiras.

Outros 10 trabalhos brasileiros também foram selecionados.

Cyclotan ©Roberto Giangrande

Cyclotan
©Roberto Giangrande/VeloCity 2015

Histórico da Transporte Ativo na conferência VeloCity

Desde 2007 a Transporte Ativo está presente no VeloCity. Os temas foram variados e sempre pautaram a maneira com que se busca incentivar a bicicleta nas cidades. Em 2007 Munique aprendemos sobre o tema “From Vision to Reality” (Visualizar para realizar), 2009 Bruxelas e “Re-cycling Cities” (reciclando as cidades), 2010 Copenhague “Different Gears – Same Destination” (diferentes marchas, mesmo destino). No ano de 2011 fizemos parte do comitê de avaliação dos trabalhos da conferência de Sevilha que abordou “The Cycle of life” (o ciclo da vida).

O ano de 2013 em Viena, marcou nossa primeira premiação. Recebemos o Cycling Visionary awards Jury Prize na categoria Science, Research and Development pelo levantamento das bicicletas de carga em Copacabana.

Do outro lado do planeta em Adelaide 2014 participamos da “Celebration of Cycling” (celebração da bicicleta). Fomos finalistas do Cycling Luminaires Award na categoria Leadreship International. Não recebemos o prêmio, mas fomos agraciados com o convite para sermos embaixadores do VeloCity no Brasil.

O Rio de Janeiro e o VeloCity

Desde 2007 a cidade maravilhosa esteve representada em todas as edições do VeloCity, com trabalhos apresentados nos anos de 2007, 2011, 2012, 2013 e 2014. A cidade chegou ainda na  shortlist para sediar o VC 2014.

Esse post é para ser lido com trilha sonora. Tudo para preparar os ânimos para a França:

Tags , , .Adicionar aos favoritos link permanente.

Deixe uma resposta