O potencial para o uso comercial de bicicletas de carga.

3

O Ministério dos Transportes da Alemanha publicou um amplo estudo sobre o uso de bicicletas para o transporte comercial. O potencial de bicicletas de carga, para contribuir com um transporte mais amigável e eficiente de mercadorias em áreas urbanas, especialmente no último quilometro, aquele onde o produto vai da loja ao consumidor final e até mesmo dos depósitos para as lojas, ainda é muito subestimado, afirma o secretário alemão Dorothee Bär.

O estudo estima que existam atualmente mais de 50 mil bicicletas de carga em uso na Alemanha, sendo 58% utilizadas para as entregas postais. O potencial calculado foi muito conservador, mesmo assim as 8% de viagens de carga realizadas hoje em bcicicletas, teriam potencial para subir à 23% do total. Os cálculos foram feitos pressupondo que o peso máximo das mercadorias transportadas é de 50 kg e a distância máxima percorrida por dia é de 20 km. Sabemos  que muitas entregas por bicicleta chegam a transportar até 250 kg em triciclos pesados e que alguns ciclcistas chegam a percorrer 80 km em apenas um dia, ou seja o potencial aumentaria muito com valores mais realistas.

Dentro do estudo, exsiste a recomendação da  European Cyclelogistics Federation em se  formar redes de cooperações, a fim de aumentar a visibilidade e a eficiencia. O Ministério alemão também pretende publicar orientações com recomendações para diferentes regiões do país.

CCC (716)

No Rio de Janeiro, uma vez chamado pela consultoria Dinamarquesa Copenhagenize de Cargo Bike Capital, o uso de bicicletas na logística urbana é muito comum, assim como em todo o Brasil e em cidades Latino Americanas. A Transporte Ativo já realizou levantamentos sobre o assunto em 2011 e 2015, trabalhos que renderam prêmios e diversas apresentações em conferências ao redor do mundo. Alguns resultados do potencial por aqui, podem ser vistos no Paper “Os Benefícios dos Veículos de Carga à Propulsão Humana: Cidades Podem Alcançar Menores Emissões e Maior Segurança”.  Apenas no Bairro de Copacabana foram encontradas mais de 700 bicicletas à serviço e empregos diretos, que realizam mais de 10 mil entregas por dia, gerando diversos benefícios, como economia de emissões, de espaço e de ruídos entre outros.

Além do transporte de cargas e bens, as bicicletas de carga servem também como uma extensão ao comércio local, indo mais longe em busca de resultados.

Foto: Fabio Nazareth

O estudo Alemão citado acima, pode ser encontrado, em alemão, aqui “Untersuchung des Einsatzes von Fahrrädern im Wirtschaftsverkehr

Inspirado em texto de Susanne Wrighton
Senior Project Manager at Austrian Mobility Research
Adicionar o link permanente.

Deixe uma resposta