Workshop – A Promoção da Mobilidade por Bicicleta no Brasil

WSaba

Em março de 2013 realizamos o Workshop “A Promoção da mobilidade por bicicleta no Brasil” onde estiveram presentes 15 organizações de diferentes partes do país para troca de informações e conhecimento em busca de uma qualificação na promoção da mobilidade por bicicleta no Brasil. Dentre diversos resultados positivos, como as contagens de bicicletas que se espalharam pelo país, nas sugestões para uma próxima edição, muito se falou da parte administrativa das organizações. Organizações fortes e bem estruturadas são de grande importância para se enfrentar as agruras do caminho e neste aspecto estamos ainda em uma fase inicial, baseado nisso, buscamos nessa edição abordar este tema. Assim, a Transporte Ativo, na tentativa de proporcionar um fortalecimento nesta área, apresenta o II Workshop Promovendo a Mobilidade por Bicicletas no Brasil.


 


-Encorajar organizações da sociedade civil voltadas à promoção do uso de bicicletas a desenvolver uma administração eficiente para melhor lidar com governos e empresas locais;
– Aumentar o conhecimento dos participantes sobre o tema, focando em Adminstração, Financiamentos e Empreendedorismo;
– Cooperar para o intercâmbio de conhecimentos entre diferentes organizações com objetivo comum;
– Buscar qualificar Organizações da Sociedade Civil, para uma atuação mais eficiente em suas respectivas regiões.

Vamos selecionar 3 organizações  e arcaremos com as despesas de viagem para um representante. Todas as demais organizações inscritas, terão acesso livre ao workshop, mas deverão arcar com todas as suas despesas.

Para se inscrever prepare um resumo sobre a forma de administração de sua organização e envie para contato@ta.org.br , assunto workshop, até 25 de março de 2014.
A seleção das organizações será feita por um comitê criado pela Transporte Ativo, com especialistas no tema.
O resultado será divulgado em 3 de abril de 2014.

O que deve conter em seu resumo:
Nome da organização
Nome do responsável
Cidade de Origem
Tempo de exsitência
Principais objetivos
Formato administrativo, aquisição de recursos e força de trabalho.
Que resultados positivos foram alcançados com este formato de admininstração?

O resumo deve ser enviado em arquivo .pdf, no formato A4, com até 3mil caracteres (sem espaços).

Dúvidas? Envie e-mail para contato@ta.org.br


Rio de Janeiro, de 28 à 30 de Abril de 2014, no Studio-X Rio

Dia 28: Apresentações
Manhã:
09:00hs
Abertura  Retrospectiva e Introdução

10:00hs
Entrega do Prêmio Promovendo a Mobilidade por Bicicletas no Brasil

·     Ação educativa e de Sensibilização             Vá de Bike

·     Levantamento de dados e pesquisas          Ciclabilidade das Cidades Brasileiras

·    Empreendimento                                           Bicicletaria Cultural

10:45hs
Apresentações dos Premiados  15’
·           Willian Cruz                            Vá de Bike
·           Yuriê Batista                           Ciclabilidade das Cidades Brasileiras
·           Patricia Valverde                   Bicicletaria Cultural

12:00hs
Almoço.

Tarde:
13:30hs
Organização institucional e recursos financeiros.  45’
· Simone Gallo – Itaú              Experiência do Itaú como patrocinador de projetos de mobilidade.
“A apresentação tem por objetivo compartilhar a experiência do Itaú como patrocinador de iniciativas de mobilidade urbana, incluindo principais critérios que as empresas utilizam para análise de projetos, conteúdo sugerido para apresentação de propostas e principais linhas de apoio existentes, incluindo incentivos fiscais.”
·  Ana Cândida S. Gomes          Contabilidade como Insturmento da Gestão e não apenas obrigação legal.
· Luiz Felipe Carvalho – PUC             Inovação Disruptiva e Mobilidade Urbana
“Nesta palestra o Prof. Luis Felipe Carvalho, coordenador do centro de empreendedorismo e inovação da PUC-Rio vai falar sobre o conceito de inovação disruptiva e o impacto potencial em soluções de mobilidade urbana. Será explorado o caso do mercado de Taxis, que recentemente vem passando por um processo de disrupção em algumas cidades norte-americanas. A partir deste exemplo os participantes serão instigados a pensar em potenciais arranjos disruptivos para potencializar o uso de bicicletas nas cidades.”
· Clarisse Link – ITDP             Desenvolvimento institucional e captação de recursos
“Clarisse é Mestre em Políticas Sociais, ONGs e Desenvolvimento pela London School of Economics. Atualmente é diretora do ITDP Brasil e trabalha no terceiro setor há 13 anos, com experiência no Brasil, Moçambique e Namíbia. Nesta palestra, ela vai falar sobre o papel da sociedade civil no Brasil e sua relação com outros setores, vai explorar formas de atuação, o papel do planejamento e a necessidade de articulação em rede, vai discutir sobre o papel da comunicação e estratégias de captação de recursos como forma de fortalecimento institucional, e tratar da importância de sistemas de monitoramento e avaliação de dados. O objetivo da palestra é tratar do desenvolvimento e, acima de tudo, fortalecimento institucional das ONGs que promovem a bicicleta como modal sustentável para o futuro das cidades.”

16:30hs
Apresentações das Organizações. 15’
·          Transporte Ativo
·          Ciclocidade
·          Bike Anjo
·          Ciclo Iguaçu
·          Mobilicidade

18:00hs
Encerramento e Encaminhamentos.

Dia 29: Treinamentos

Manhã:
09:00hs
Metodologia para Contagens de Bicicletas a Serviço
(Cycling Visionary Award).

10:00hs
Ciclo Rotas – Debate / mini – apresentações
Rio de Janeiro – Curitiba – Belo Horizonte – Aracaju

11:30hs
Almoço.
Tarde:
13:30hs
Técnicas para avaliar sua organização.

14:30hs
Dinâmica de Grupo
Para um melhor aproveitamento do trabalho realizado
com base no que foi apresentado no dia anterior.

16:30hs
Encerramento e Encaminhamentos.

Dia 30: Visitas Técnicas
09:00 às 16:00hs
Visita às infra-estruturas Cicloviárias do Centro e Zona Sul.

 

.

8

Deixe uma resposta