As Bicicletas de Paraty

IMG_3552

Sabe o que combina perfeitamente com uma cidade litorânea bucólica e um dos principais destinos turísticos do estado do RJ? Isso mesmo: Bicicleta! E Paraty é uma cidade que tem muita gente usando a bicicleta diariamente. É possível atravessar a cidade toda de bicicleta, de uma ponta à outra em menos de 30 minutos. De fato, as pessoas costumam levar apenas 10 minutos em seus trajetos diários. E como a economia local se baseia no turismo receptivo (há cerca de 800 hotéis e pousadas) o uso massivo da bicicleta é ideal para garantir que Paraty não sofra tanto com terríveis engarrafamentos, comuns em cidades pequenas com arquitetura antiga, que não foram planejadas para receber grande volume de motorizados. Ainda mais no verão quando a cidade recebe um enorme volume de turistas e visitantes, chegando a triplicar a população. Claro que existem congestionamentos, afinal de contas a cultura nacional ainda usa o transporte individual motorizado com as ultrapassadas justificativas do século passado. E há muitos ajustes em ruas e ciclovias para tornar a cidade ainda mais amiga da bicicleta. Mas esse destino turístico está disposto a melhorar nesse aspecto e reduzir ainda mais o trânsito, com ajuda de incentivos ao uso da querida magrela.

IMG_3260

A TA esteve lá por 3 dias este mês fazendo levantamentos de dados e entrevistas com ciclistas para entender como é a dinâmica do uso da bicicleta e o que pode ser melhorado. A iniciativa é da Secretaria de Turismo, que felizmente é capitaneada por gestores públicos que estão à frente de seu tempo e já sabem que quanto mais pessoas pedalarem a trabalho, lazer ou turismo melhor será o desenvolvimento da economia local e da qualidade de vida das pessoas. Paraty pode se tornar um excelente exemplo de como é possível equacionar problemas urbanos modernos, com baixo custo e rápido retorno. A economia agradece, a saúde e o meio ambiente também. Vamos pedalar em Paraty?

IMG_3631

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *