A Sociedade Civil e os Sistemas de Bicicletas Públicas

Gerar e compartilhar conhecimento para criar capacidade técnica para intervir na promoção da mobilidade por bicicletas é um dos compromissos da TA.

IMG_20171002_161814173

Acompanhamos a implementação do sistema de bicicletas públicas da cidade do Rio de Janeiro desde seus primeiros passos, de lá para cá o sistema passou por modificações que incluem reestruturação e expansão do sistema, “Samba” que virou “Bike Rio”, com isso muitos aprendizados foram acumulados.

Em outubro participamos, a convite da Ente de la Movilidad de Rosario, de uma oficina sobre Sistemas de Bicicletas Públicas realizada durante durante a 15a Assembleia América Latina da UITP em Rosário, na Argentina. A oficina contou com uma manhã totalmente dedicada ao caso carioca “La sociedade civil em los Sistemas de Bicicletas Públicas y la cultura ciclista de las ciudade” (liderada por Gabriela Binatti da TA e Natalia Cerri Oliveira do Banco Itaú) em que a sociedade civil, em constante qualificação, tem sido ator fundamental na divulgação e fortalecimento deste tipo de política pública.

IMG-20171006-WA0007

O público presente foi diverso, com a participação da sociedade civil organizada de várias cidades da Argentina além da academia, operadores, vendedores de tecnologia e estudiosos do tema. Foi um momento importante onde além de compartilhamos a experiência carioca, e brasileira, tivemos a oportunidade de exercitar conjuntamente sobre nossos papéis e possíveis estratégias de fortalecimento deste tipo de política.

IMG_20171006_112516230

Espaços dedicados exclusivamente a discutir sobre Sistemas de Bicicletas Compartilhadas/Públicas tem acontecido pela América Latina (Medellín, Cidade do México e Rosário) e a cidade do Rio será a próxima a receber esse tipo de encontro. Em junho de 2018 seremos os anfitriões de mais um evento Latino-americano sobre Sistemas de Bicicletas Públicas e Compartilhadas. Reserve a data!

Bicicleta para técnicos e gestores, um seminário que pedala pelo mundo

post101017

Foi para apresentar os benefícios para técnicos e gestores municipais que nasceu o Seminário “Introdução ao Mundo Cicloviário” (IMC). Lá se vão 9 anos desde seu lançamento no Rio de Janeiro, com oito rodadas na cidade de São Paulo em 2008.

Repaginado e com apoio do banco Itaú o já famoso IMC, como gostamos de chamar, volta em 2017 após uma rodada teste em 2016 em Salvador, Maceió e Fortaleza. O objetivo segue o mesmo, através de uma metodologia comprovadamente eficaz, iremos difundir conhecimento, sensibilizar e conscientizar administrações públicas de diferentes cidades, a melhor compreenderem as novas vertentes da mobilidade urbana e consequentes melhorias para suas cidades.

cwb2

A construção de uma nova mobilidade urbana

O século XXI tem se desenhado como a hora e a vez da retomada da bicicleta. Nesse cenário, é fundamental difundir uma melhor compreensão de uma nova mobilidade urbana voltada para as necessidades humanas e a promoção da qualidade de vida. Com duração aproximada de quatro horas, os seminários trazem uma visão histórica e global da bicicleta com adaptações para as características e necessidades locais.

cwb3

Introdução ao Mundo Cicloviário em Curitiba

Com o nome de “Formação de Gestores”, a primeira edição desse novo IMC realizada em Curitiba no dia 05 de outubro de 2017 foi um sucesso. Estavam presentes representantes de sete municípios da região metropolitana além de alguns da capital. Eram secretários, técnicos e gestores de cincos órgãos municipais e quatro estaduais. A iniciativa de levar a formação para a capital paranaense coube ao vereador Goura Nataraj que, através da sua equipe, foi responsável pela cobertura do evento. Estavam presentes ainda representantes da sociedade civil local.

cwb1

Próximos passo

O tour do seminário de Introdução ao Mundo Cicloviário seguirá ainda em 2017. Ainda em outubro, estaremos em Medellín na Colômbia para apresentar os benefícios da bicicleta na “Capital Paisa” que já tem um plano cicloviário em implementação, mas ainda sofre com resistências na sua implementação. Nada melhor do que espalhar informações bem embasadas para técnicos municipais para que mais pessoas pedalem mais vezes em uma cidade cada vez mais amigável para as bicicletas.

Formação em Ciclomobilidade em Curitiba, veja o vídeo

Studio-X Rio se despede da Praça Tiradentes

SXR
“Em 2011 o Studio-X Rio foi instalado na Praça Tiradentes como parte de um projeto ambicioso da Escola de Arquitetura, Planejamento e Preservação da Universidade de Columbia (GSAPP) de criar uma rede global de pessoas e saberes dedicada à pesquisa e ao debate sobre as questões mais prementes do ambiente construído.

No Rio de Janeiro, o Studio-X contou com o apoio da Prefeitura da Cidade, por meio do Instituto Rio Patrimônio da Humanidade, o que permitiu oferecer uma programação gratuita e de alto nível. A atmosfera informal, combinada ao alcance internacional e relevância dos debates, fizeram do espaço uma referência na cidade, impactando positivamente pessoas e instituições. Desde sua abertura, foram realizadas cerca de 200 palestras, 65 exposições e 40 workshops, dentre outras atividades e pesquisa, possíveis por meio uma rede extensa de mais de 350 colaboradores. Estas iniciativas abordaram os temas mais relevantes, urgentes e desafiadores sobre a arquitetura e as cidades, no Rio de Janeiro e no mundo.

Em 2017 novos planos se alinham. O Studio-X passa a ter um foco na América Latina, com programação e pesquisa acontecendo nas diferentes cidades do continente. Com isto, comunicamos o encerramento de nossas atividades na Praça Tiradentes. O Studio-X continuará a realizar atividades no Rio de Janeiro em colaboração com instituições parceiras, incluindo o Columbia Global Center.”

A Transporte Ativo muito se orgulha de ter feito parte desta trajetória, o Studio-X era como nossa casa, realizamos diversos workshops, eventos, palestras, oficinas e até assembleias no nº 48 da Praça Tiradentes. Muito conhecimento passou e se criou no local. O workshops e o prêmio “A Promoção da Mobilidade por Bicicletas no Brasil” já eram eventos tradicionais na casa e o Ciclo Rotas Centro, projeto reconhecido mundo afora, nasceu ali. Muito nos honrou também, poder dar um depoimento no evento de encerramento do Studio-X na Praça Tiradentes 48.

SXAL

O Studio-X agora segue para uma nova fase, mais focada em pesquisas, pela América Latina. Ficamos felizes, pois como também estamos iniciando diversos trabalhos de pesquisa na AL, sinal de que a parceria seguirá adiante, agora em outros planos.

Abaixo algumas fotos de momentos TA no Studio-X Rio. Parabenizamos e agradecemos ao Pedro Rivera e a toda equipe que passou por lá, por momentos de conhecimento, sabedoria e satisfação!

SX2

SX1

 sx4

SX3