Cinco razões porque uma bicicleta de carga é um investimento melhor do que comprar um carro.

Cargo Bike

Se a distância entre sua casa e o trabalho estiver no limite de uma larga parcela da população, até 8km, usar a bicicleta como modo de transporte é uma alternativa real. O impacto nas finanças – no valor a ser economizado –  pode ser um grande incentivo para que você troque seu carro por uma bicicleta de carga. Reunimos cinco motivos que mostram o quanto essa troca pode se transformar em um bom investimento.

1. Finanças Pessoais
Seus gastos com transporte podem ser facilmente reduzidos ao trocar o carro por uma bicicleta de carga. Você pode até mesmo manter seu carro, mas sem dúvida realizar os deslocamentos diários usando a bicicleta compensa financeiramente e ainda permite mais folga em seu orçamento para pegar um táxi ou alugar um carro quando necessário.  Abaixo segue um cálculo para resumir o enorme impacto que a mudança pode fazer ao seu orçamento e finanças pessoais. Exemplos no contexto dinamarquês:

waybet1
Tabela:  Déficit em deslocamentos diários por carro ao invés de por bicicleta, quando você possui um carro. Os exemplos são da Dinamarca (vendas, taxas, seguro e combustível).

Agora, vamos ver outro exemplo, para o caso de você necessitar comprar um carro ou uma bicicleta de carga. Neste caso, os números são completamente diferentes.

waybet2
Tabela:  Déficit em deslocamentos diários de carro ao invés de bicicleta, caso você tenha que comprar um carro novo. Os exemplos são da Dinamarca (vendas, taxas, seguro e combustível).

Sim, os custos para manter um carro são altos na Dinamarca e no Brasil, você pode economizar uma boa quantia se puder fazer suas viagens diárias em bicicleta.

2. Benefícios socioeconômicos consideráveis

Na Dinamarca, para cada km rodado de bicicleta se economiza 0,8 Euros. Nesse cenário, com 5,7 milhões de dinamarqueses rodando 1,5 km por dia, a economia é de 6.840.000 Euros por dia, sendo essa uma estimativa conservadora. O total economizado no período de um ano será de quase 2,5 bilhões de Euros, o que representa um valor significativo nas finanças públicas.
O déficit dos custos de construção para infraestrutura de bicicletas quando comparado com a infraestrutura para carros também é enorme. Cada quilômetro de rodovia dinamarquesa custa até 100 vezes mais do que o mesmo trecho de infraestrutura para bicicletas.

3. Bicicletas tem melhor valor de revenda
A revenda de uma bicicleta usada não tem uma perda tão significante como a revenda dos carros. Se comparada com a venda de automóveis, uma bicicleta com cinco a seis anos de uso tem um preço ligeiramente mais baixo do que o produto novo na loja. Exemplo:

waybet3
Tabela: Depreciação

 4. Saúde
Por cada 1.200 km de bicicleta rodado, o número médio de dias parado por conta de doenças é reduzido para um. Apenas 30 minutos de exercício diário faz diferença. Estar saudável é o melhor plano de saúde.

Na capital dinamarquesa, estima-se uma queda de até um milhão de dias de faltas ao trabalho devido a uso da bicicleta por grande parte da  população .

5. Investir nas gerações futuras
Como um veículo sustentável com baixa emissão de carbono, a bicicleta de carga é um investimento nas gerações futuras.

Nestas 5 razões, nem foram mencionados todos os negócios em bicicleta de carga, que vem crescendo como Velopak, DHL, CYKELKOKKEN,  utilizando bicicletas de carga de fabricantes como Larry vs Harry e Butchers and Bicycles dentre outros. E todos os varejistas em crescimento como Cyclart, FullyCharged, Peoplesbicycle, Wingwheels, Dr.Beyk, Cech, Velobloom e Yes we Bike.

Fontes:
Velocity – urban movement of cargo bikes
Cycling Embassy of Denmark

Traduzido e adaptado por Fábio Nazareth          Postagem original: blogvelocity

Novas Bicicletas de Equilibrio TA

bal2

Ao renovar a frota, da escolinha de Bicicletas Itaú, parte da Plataforma de Mobilidade do Banco, diversas organizações foram agraciadas com a doação da antiga frota. A Transporte Ativo, foi uma delas, recebemos como doação quatroze bicicletas de equilibrio ou Balance Bikes, que nos permitirão desenvolver uma série de atividades com crianças. Desde os Jogos de Bicicleta, com frota ampliada e maior alcance, até novas experiências como a inclusão das bicicletas em aulas elementares de Educação Fïsica nas escolas.

Com essa pequena frota, buscaremos criar nas crianças uma aproximação e entendimento da bicicleta desde pequenos, para que cresçam com isso e levem a bicicleta ao longo de suas vidas, repliquem e façam com que a cultura da bicicleta prevaleça e sigam adiante influenciando novas e futuras gerações.

bal3

As bicicletas de equilíbrio, também conhecidas como balance bikes, foram desenvolvidas para facilitar o processo de aprendizado das crianças. Esse modelo de bicicleta não conta com rodinhas de apoio e nem pedais, o que facilita a interação da criança com o solo. Desse modo, na medida que vão melhorando o equilíbrio, conseguem percorrer pequenas distâncias sem colocar os pés no chão. Assim, quando estão com o equilíbrio bem aperfeiçoado, já passam para uma bicicleta com pedais sem precisar usar as rodinhas. Em 2011, a Transporte Ativo publicou um folheto com jogos lúdicos para as bicicletas de equilíbrio e vem desenvolvendo atividades para estimular o uso dessas bicicletas como forma de facilitar o aprendizado das crianças.

Promovendo a Mobilidade por Bicicletas

prmo-Bici

Pessoas e grupos que estão Promovendo a Mobilidade por Bicicletas no Brasil se inscreveram para o Prêmio e os que mais se destacaram nesta edição já foram definidos! Atividades de diferentes formatos, objetivos e resultados participaram, um número crescente de Ações Educativas e de Sensibilização, um amadurecimento e crescimento das inscrições na categoria empreendedorismo e infelizmente um número insuficiente de Levantamento de Dados à Pesquisas para validar a categoria. Mas o brilho dos inscritos, fez desta a mais interessante das edições do Prêmio Promoção da Mobilidade por Bicicletas no Brasil. Foram um vencedor e duas menções honrosas por categoria e os vencedores irão ao Velo-City 2017, com todas as despesas pagas, essa premiação visa qualificar ainda mais os projetos premiados, buscando com a experiência Holandesa, nos ajudar na busca por um país com cidades mais amigas das bicicletas.

A qualidade da comissão julgadora, nos garantiu a certeza de que os trabalhos foram bem avaliados e que a escolha foi certeira! Os trabalhos vencedores se destacaram quase que por unanimidade o que os afere como reais merecedores da premiação. Vamos a eles!

Vencedor Categoria Ação Educativa e de Sensibilização:
AMECICLO – Bota pra Rodar
pta17a
Projeto que objetiva promover o direito à cidades sustentáveis para a população de baixa renda através do uso de bicicletas enquanto ferramenta de mobilidade urbana e integração social. Através da doação de bicicletas para o uso coletivo em comunidades, busca a emancipação dessas pessoas no tocante à mobilidade, possibilitando à elas o acesso à cidade. Conheça mais sobre o Bota pra Rodar clicando aqui.
pta17b

Menções Honrosas Categoria Ação Educativa e de Sensibilização:
La Frida – Preta, vem de Bike!

pta17cCapa da última edição da revista Bicicleta, o projeto “Preta, vem de bike!” é uma ação do La Frida (cicloativismo negro) que une promoção da bicicleta com inclusão social, igualdade étnica e igualdade de gênero, visa levar a mobilidade urbana, além da orla, às periferias. São aulas de bike móvel para meninas da periferia, estimulando a representatividade feminina na mobilidade urbana, ampliando as vozes das mulheres negras e ocupando espaços sendo a bike um instrumento de empoderamento na sociedade. Conheça mais sobre a Preta, vem de bike! cilcando aqui.

Fórum de Bicicletas Manaus
pta17dO Fórum de Bicicleta Manaus,que acontece anualmente à cinco anos, é um espaço de discussão com a temática Mobilidade por Bicicleta que tem como objetivo promover o debate sobre como a cidade pode evoluir a partir de políticas voltadas para a valorização da vida, tornando-a mais sustentável e amiga das pessoas através da bicicleta. Conheça mais sobre o Fórum de Bicicletas Manaus clicando aqui.

Vencedor Categoria Empreendedorismo:
Pedivela – Logística Last Mile
pta17e
A Pedivela resolve o caos do último quilômetro logístico nas cidades por meio de sua rede de ciclistas autônomos e inteligência artificial, utilizando bicicletas cargueiras especiais, humanizando o trânsito e distribuindo a maior parte dos ganhos em sua rede. O projeto já roda há 2 anos na cidade de Vitória-ES e já intermediou e otimizou mais de 200 mil entregas entre e-commerce e ciclistas autônomos, retirando aproximadamente 20 veículos de carga por dia das ruas da cidade. Conheça mais sobre a Pedivela clicando aqui.
pta17f

Menções Honrosas Categoria Empreendedorismo:
Mobilibike
pta17g
O Mobilibike se propõe a inserir cada vez mais a bicicleta no cenário de entregas rápidas em meio urbano. Gerando renda para ciclistas, de forma simples e confiável. O sistema Mobilibike faz a ligação entre empresas/pessoas com necessidades de entregas e bikers que desejam obter renda extra pedalando. Conheça mais sobre o Mobilibike clicando aqui.

Bike123
pta17h
Usar uma bicicleta de qualidade, bem ajustada e com a manutenção em dia é essencial para que atividade de pedalar seja incorporada ao dia a dia de uma pessoa. Um dos principais problemas do ciclista é levar a bicicleta danificada até uma oficina que possa fazer o reparo. Muitas pessoas acabam deixando de pedalar por encontrarem essas dificuldades e muitas outras continuam a usar a bicicleta com problemas, o Bike 123 soluciona este problema. Conheça mais sobre o Bike 123 clicando aqui.

Para os vencedores, o Prêmio será entregue no stand do Rio de Janeiro, durante o Velo-City em Arnehm – Nijmegen, na Holanda em junho, para as menções honrosas, os prêmios serão  entregues  por correio, em casa.