Mobilibike – Cicloentregando por todo o Brasil

1bc

Faz tempo a TA vem falando sobre a importância das bicicletas nas entregas diretas, loja – cliente e fornecedor – lojas, assunto que vem tomando vulto mundo afora e nos envolvemos muito nessa divulgação com apresentações sobre o assunto no Transport Research Board, na International Cycling Conference e na Cargo Bike Festival Magazine, em 2017. Neste mesmo ano,  o projeto Mobilibike foi premiado com uma menção honrosa no Prêmio Promovendo a Mobilidade por Bicicletas no Brasil, e nos sentimos muito felizes de ter um projeto como esse participando do Prêmio.

Foi no final de 2015 em Curitiba que dois amigos ciclistas, Luciano Zaina e Eduardo Novaes Ramires, resolveram quebrar a cabeça para criar um sistema baseado no uso da bicicleta, que gerasse renda de forma simples à ciclistas e levasse mais sustentabilidade e agilidade ao mercado de entregas urbanas E assim nasceu a Mobilibike.

Long-John-1

Em 2016 começaram a trabalhar no coworking da Kuritbike, ganharam o prêmio “Empreender Junto é Melhor”. Em junho de 2016 iniciaram as primeiras entregas pela plataforma online. Em 2017, além da menção Honrosa no prêmio “Promovendo a Mobilidade por Bicicletas”, da Transporte Ativo, em dezembro de foram os terceiros colocados no concurso “Minha Startup Muda o Mundo” da Associação Comercial do Paraná.

Hoje a Mobilibike tem mais de 110 ciclistas independentes, que usam a plataforma para receber os pedidos de entregas dos mais variados itens: documentos, livros, semi jóias, exames médicos, peças e aparelhos de celular, flores, congelados, delivery de alimentos, cafés especiais, e por aí vai! Estamos em processo contínuo de crescimento. Esse ano, levaram para Curitiba a primeira bicicleta modelo “Long John” da cidade, e estão mostrando que bicicletas podem levar sim encomendas maiores! Em breve irão inserir a possibilidade de chamar ciclistas habilitados para serviços rápidos de mecânica de bicicleta, chaveiro, maquiagem, e outros.

pta17g

Desde o início a Mobilibike já pensava em como expandir a plataforma além de Curitiba. Quase 3000 ciclistas e pessoas interessadas em pedir entregas de outros locais se cadastraram na plataforma, e muitos nos perguntam sobre nossos planos de expansão. Desenharam uma estratégia que pudesse ampliar as entregas por bicicletas no Brasil, ajudando empreendedores a iniciar suas empresas sem o custo, a demora e as enormes dores de cabeça e desafios envolvidos em desenvolver uma plataforma online. Decidiram então oferecer um software “white label”, ou seja, os cicloempreendedores podem ter seu domínio de internet e aplicativo próprios, com sua identidade visual. Mas com as mesmas funcionalidades do sistema da Mobilibike. E qualquer melhoramento no sistema é repassado a todos. Ficamos agora mais próximos de realizar essa iniciativa! A Mobilibike foi selecionada entre projetos de todo o Brasil, para participar da iniciativa “Primeiros Passos” do Itaú e Benfeitoria. Cicloentregando por todo o Brasil!” foi lançado na plataforma Benfeitoria.  O financiamento coletivo (crowdfunding) é simples: você analisa o projeto, e escolhe o valor para apoiar a iniciativa! Se atingirmos a meta, a nossa plataforma, devidamente adaptada, será utilizada em todo o Brasil! Aumentando a participação das bikes em entregas rápidas pelo nosso país, e gerando renda para muitas pessoas! O financiamento coletivo é tudo ou nada, ou seja, caso infelizmente a meta não seja atingida, seu dinheiro é devolvido. Apoie, divulgue

A Sociedade Civil e os Sistemas de Bicicletas Públicas

Gerar e compartilhar conhecimento para criar capacidade técnica para intervir na promoção da mobilidade por bicicletas é um dos compromissos da TA.

IMG_20171002_161814173

Acompanhamos a implementação do sistema de bicicletas públicas da cidade do Rio de Janeiro desde seus primeiros passos, de lá para cá o sistema passou por modificações que incluem reestruturação e expansão do sistema, “Samba” que virou “Bike Rio”, com isso muitos aprendizados foram acumulados.

Em outubro participamos, a convite da Ente de la Movilidad de Rosario, de uma oficina sobre Sistemas de Bicicletas Públicas realizada durante durante a 15a Assembleia América Latina da UITP em Rosário, na Argentina. A oficina contou com uma manhã totalmente dedicada ao caso carioca “La sociedade civil em los Sistemas de Bicicletas Públicas y la cultura ciclista de las ciudade” (liderada por Gabriela Binatti da TA e Natalia Cerri Oliveira do Banco Itaú) em que a sociedade civil, em constante qualificação, tem sido ator fundamental na divulgação e fortalecimento deste tipo de política pública.

IMG-20171006-WA0007

O público presente foi diverso, com a participação da sociedade civil organizada de várias cidades da Argentina além da academia, operadores, vendedores de tecnologia e estudiosos do tema. Foi um momento importante onde além de compartilhamos a experiência carioca, e brasileira, tivemos a oportunidade de exercitar conjuntamente sobre nossos papéis e possíveis estratégias de fortalecimento deste tipo de política.

IMG_20171006_112516230

Espaços dedicados exclusivamente a discutir sobre Sistemas de Bicicletas Compartilhadas/Públicas tem acontecido pela América Latina (Medellín, Cidade do México e Rosário) e a cidade do Rio será a próxima a receber esse tipo de encontro. Em junho de 2018 seremos os anfitriões de mais um evento Latino-americano sobre Sistemas de Bicicletas Públicas e Compartilhadas. Reserve a data!

Studio-X Rio se despede da Praça Tiradentes

SXR
“Em 2011 o Studio-X Rio foi instalado na Praça Tiradentes como parte de um projeto ambicioso da Escola de Arquitetura, Planejamento e Preservação da Universidade de Columbia (GSAPP) de criar uma rede global de pessoas e saberes dedicada à pesquisa e ao debate sobre as questões mais prementes do ambiente construído.

No Rio de Janeiro, o Studio-X contou com o apoio da Prefeitura da Cidade, por meio do Instituto Rio Patrimônio da Humanidade, o que permitiu oferecer uma programação gratuita e de alto nível. A atmosfera informal, combinada ao alcance internacional e relevância dos debates, fizeram do espaço uma referência na cidade, impactando positivamente pessoas e instituições. Desde sua abertura, foram realizadas cerca de 200 palestras, 65 exposições e 40 workshops, dentre outras atividades e pesquisa, possíveis por meio uma rede extensa de mais de 350 colaboradores. Estas iniciativas abordaram os temas mais relevantes, urgentes e desafiadores sobre a arquitetura e as cidades, no Rio de Janeiro e no mundo.

Em 2017 novos planos se alinham. O Studio-X passa a ter um foco na América Latina, com programação e pesquisa acontecendo nas diferentes cidades do continente. Com isto, comunicamos o encerramento de nossas atividades na Praça Tiradentes. O Studio-X continuará a realizar atividades no Rio de Janeiro em colaboração com instituições parceiras, incluindo o Columbia Global Center.”

A Transporte Ativo muito se orgulha de ter feito parte desta trajetória, o Studio-X era como nossa casa, realizamos diversos workshops, eventos, palestras, oficinas e até assembleias no nº 48 da Praça Tiradentes. Muito conhecimento passou e se criou no local. O workshops e o prêmio “A Promoção da Mobilidade por Bicicletas no Brasil” já eram eventos tradicionais na casa e o Ciclo Rotas Centro, projeto reconhecido mundo afora, nasceu ali. Muito nos honrou também, poder dar um depoimento no evento de encerramento do Studio-X na Praça Tiradentes 48.

SXAL

O Studio-X agora segue para uma nova fase, mais focada em pesquisas, pela América Latina. Ficamos felizes, pois como também estamos iniciando diversos trabalhos de pesquisa na AL, sinal de que a parceria seguirá adiante, agora em outros planos.

Abaixo algumas fotos de momentos TA no Studio-X Rio. Parabenizamos e agradecemos ao Pedro Rivera e a toda equipe que passou por lá, por momentos de conhecimento, sabedoria e satisfação!

SX2

SX1

 sx4

SX3